terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Campeã, presidente da Rosas de Ouro alfineta Globo

Carnaval 2010 A presidente da Rosas de Ouro, escola campeã do Carnaval paulistano, afirmou que continua a favor de parcerias com empresas, como a realizada por sua agremiação para o desfile deste ano.

A escola teve de mudar a letra de seu samba por pressão da Globo. A expressão "cacau é show" foi alterada para "cacau chegou" --a agremiação é apoiada pela marca de chocolates Cacau Show.

"Há um mês, tive de mudar uma palavra do samba-enredo. Não foi fácil para a comunidade aceitar. Mas, agora, vamos voltar para a letra original", disse Angelina Basílio durante a comemoração do título, ainda no Anhembi. "Fizemos um trabalho impecável e vamos levar essa taça para a ponte da Freguesia do Ó [local da sede da escola]. Agora podemos dizer que o cacau é show", completou a presidente. "A Rosas de Ouro acredita em parceiros."

A decisão do título saiu na última nota do último quesito (comissão de frente). Até então, a Rosas estava empatada com a Mocidade Alegre. "A vitória na última nota foi maravilhosa", disse Angelina.

Após a revelação da vitória, ela cumprimentou a comissão da Mocidade, que também tem uma mulher como presidente, Solange Cruz Bichara Rezende. "Me diziam: 'Você é mulher e vai pegar a presidência?'. Mas não desisto. Sempre acreditei no meu trabalho. Havia uma voz lá no fundo que me dizia: 'Persevere, lute'. E foi um desfile impecável, tecnicamente perfeito. Estou muito feliz com a vitória", declarou Angelina.

Para o carnavalesco Jorge Freitas, o título foi fruto de uma longa jornada da escola, que foi vice nos últimos anos. "É a coroação de um grande trabalho. A Rosas de Ouro vem fazendo grandes trabalhos nos últimos três anos, e finalmente fomos coroados", afirmou Freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário