quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

O Império do amor não funciona, Botafogo surpreende badalado Fla e faz final com o Vasco


RIO -O Botafogo irá decidir a final da Taça Guanabara com o Vasco. Nesta quarta-feira, o time alvinegro venceu, de virada, o adversário por 2 a 1, com gols de Marcelo Cordeiro e Caio. Vinícius Pacheco fez para o Flamengo.Foi a vingança do Botafogo sobre o Flamengo que nos últimos três anos perdeu três decisões no Estadual para o rival. E desta vez contra um badalado Flamengo, que vem de um título brasileiro e reforçado com os atacantes Adriano e Vágner Love.Além do gostinho especial de eliminar o Flamengo, o Botafogo encerrou uma série invicta de 13 jogos do Flamengo que vinha desde outubro de 2008.Agora o Botafogo tem a chance de se vingar da humilhante goleada por 6 a 0 sofrida para o Vasco, na terceira rodada da Taça Guanabara. Derrota esta que fez o clube mudar o comanda e entrar em rota de colisão com a torcida.Mas no jogo desta quarta-feira, quem saiu na frente foi o Flamengo, com Vinícius Pacheco aproveitando contra-ataque puxado por Adriano. Aos 24min, o camisa 10 carregou o ataque do Flamengo e tocou para Vagner Love fazer o pivô - ainda que sem querer - , para que Vinícius Pacheco chutasse forte e abrisse o placar. reação do Botafogo não demorou muito. Aos 33min, a bola sobrou para o atacante Herrera na área que, de virada, bateu para Bruno fazer a defesa parcial. O problema é que no rebote estava Marcelo Cordeiro. De primeira o lateral esquerdo mandou para o fundo de gol. Na etapa final, o gol da classificação só foi sair quando o jogo se encaminhava para o fim. E dos pés de um jogador que mostrou ser predestinado. Aos 37min, Caio aproveitou que Herrera escorou para dentro da área e desviou levemente de Bruno. O mesmo Caio salvou Joel Santana de estrear com um empate com o América-RJ, dois jogos depois da goleada sofrida para o Vasco que motivou a saída de Estevam Soares. E desta vez o atacante estava mais uma vez na área para sacramentar a virada e dar mais uma alegria ao treinador.


Nenhum comentário:

Postar um comentário