terça-feira, 2 de março de 2010

Bechara está de volta ao Fortaleza



O meia Bechara, famoso por vestir as camisas de Ceará e Fortaleza está de volta ao futebol cearense. O atleta que estava na Dinamarca vai ser apresentado oficialmente na tarde desta terça-feira no Pici.

Bechara está com 34 anos e em entrevista ao programa Leão da Metro, na Rádio Metropolitana 930AM, comandada por Océlio Pereira e Rodrigues Andrade falou que está bem fisicamente e pediu ao treinador Luiz Müller um prazo de 15 dias para pegar ritmo de jogo.

“Estou feliz por voltar ao clube que tenho tanto carinho. O que aconteceu no último domingo foi de arrepiar, a torcida tricolor é fantástica”, disse entusiasmado. Sobre a notícia que ainda estava contudido no joelho Bechara rebateu. ” Fiz a operação em São Paulo e posso afirmar que estou bem. Há 30 dias que trabalho normalmente com bola”, concluiu.

No futebol brasileiro, Bechara jogou por Ceará, Atlético-MG, Santos, Portuguesa e São Caetano. Esta será a terceira vez que Bechara veste a camisa tricolor. Jogador estava na exterior desde 2006.

Curiosidade
O meia Bechara teve uma passagem respeitável pelo Ceará. Em 1997, o mesmo foi decisivo na conquista do Cearense daquele ano. Ele marcou o primeiro gol da decisão de falta sem chances para o goleiro Aderson do Fortaleza. O Ceará venceu por 3 x 2 e foi bicampeão.

Mas o que a torcida alvinegra não perdoa foi o fato do craque ir para o Fortaleza. O pior é que em um gol feito por Bechara em uma partida, o mesmo saiu comemorando dando socos nos braços e mostrando que ali corria sangue tricolor. Depois do ato, o jogador até teve perto de retornar a Porangabuçu, mas a torcida protestou contra a sua contratação.

Outra história que chama atenção aconteceu em 2006, quando Bechara atuava pelo Fortaleza. Na partida diante do São Caetano, o meia se chocou com o jogador Igor antes de uma cobrança de falta. O choque provocou uma grave lesão na tíbia de Ígor, que depois de várias cirurgias voltou aos gramados, mas nunca recuperou seu bom futebol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário