segunda-feira, 8 de março de 2010

Câmara paga R$ 390 mil de horas extras no mês de recesso

Portal Terra

BRASÍLIA - A Câmara dos Deputados voltou a pagar hora extra para servidores em janeiro. Apesar de ser um mês de recesso parlamentar, foram gastos R$ 393 mil com funcionários que teriam trabalhado além do horário de expediente.

Segundo a assessoria de imprensa da Câmara, o valor foi destinado a 273 servidores, num valor médio de R$ 1,4 mil para cada um. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

O valor pago pela Casa com o benefício no mês supera o de cinco ministérios que não estavam em recesso no período: Desenvolvimento, Minas e Energia, Transportes, Defesa e Integração Nacional.

A justificativa para os gastos seria o pagamento do pessoal do Departamento Médico e da Polícia Legislativa, que 'trabalha 24 horas', conforme a assessoria de imprensa. De acordo com o Departamento Médico, porém, apenas um profissional cumpre expediente à noite e já recebe adicional noturno por isso. Já a Polícia Legislativa funciona com três turmas noturnas, de 20 pessoas cada, com carga horária de 12 horas por dia. No recesso, o setor trabalha com metade de seu efetivo. O Senado tem os mesmos serviços contratados, mas não pagou hora extra no recesso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário