quinta-feira, 18 de março de 2010

Professor joga apagador em aluna no Rio; PM é acionada

Portal Terra

RIO - Um professor da escola municipal Cuba, na Ilha do Governador (RJ), jogou um apagador contra uma aluna de 11 anos na última quarta-feira. A menina procurou a direção da escola e chamou a Polícia Militar.

De acordo com a delegada Renata Teixeira de Assis, o professor, que estava substituindo sua mulher na aula de ciências, disse em depoimento que havia pedido silêncio e que teria arremessado o apagador em um grupo de alunos e não diretamente na menina. A aluna confirma a história, segundo a delegada, mas teria ficado constrangida com a agressão.

A delegada disse ainda que o professor será indiciado por lesão corporal e já foi autuado pelo artigo 232 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que prevê punição para quem "submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento". Ele aguardará em liberdade, pois já assinou o termo de compromisso de comparecimento ao juizado.

A Secretaria Municipal de Educação disse, em nota, que a atitude do professor é "inaceitável" e que "caso seja comprovada uma conduta inadequada do professor, todas as medidas cabíveis serão tomadas pela Secretaria Municipal de Educação, podendo sofrer uma advertência ou até mesmo ser demitido". Ninguém foi encontrado na escola para comentar o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário