quinta-feira, 22 de julho de 2010

Chávez: Lula está 'preocupado' com ruptura de relações com Colômbia


Foto: AFP
Chávez anunciou rompimento ao lado de Maradona Foto: AFP

Agência AFP

VENEZUELA - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta quinta-feira que os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (Brasil) e Rafael Correia (Equador), mostraram-se "preocupados" com a decisão "lamentável, mas necessária" de romper relações diplomáticas com a Colômbia.

"Acabo de conversar com o presidente do Brasil, nosso irmão Lula da Silva; preocupado com isso, fez seus comentários", disse Chávez em um ato oficial do qual participou horas depois de anunciar a ruptura diplomática.

Chávez disse também ter recebido uma ligação do presidente equatoriano, Rafael Correia, que ocupa a presidência temporária da União das Nações Sul-Americanas (Unasul). "Isso preocupa a todos", completou.

O presidente venezuelano, que participou de uma solenidade de formatura na Universidade dos Esportes junto ao argentino Diego Maradona, insistiu em que sua decisão foi "lamentável", mas "necessária" e "digna".

"É uma decisão lamentável, mas necessária, digna, e esperamos que não ocorra nada mais grave", disse Chávez.

O presidente rompeu relações com a Colômbia devido às denúncias reiteradas por esse país em uma reunião da OEA nesta quinta-feira sobre a presença de guerrilheiros em território venezuelano. Chávez anunciou que suas tropas na fronteira estão em alerta contra possíveis agressões.

"O governo do (atual presidente da Colômbia, Álvaro) Uribe é capaz de qualquer coisa, cheio de ódio contra a Venezuela, contra a revolução bolivariana, contra o governo e contra mim, inclusive pessoalmente", completou.

A Venezuela deu prazo de 72 horas para os diplomatas colombianos abandonarem o país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário