sexta-feira, 2 de julho de 2010

Copa do Mundo 2010: Dunga é xingado na chegada ao hotel da Seleção

A Seleção Brasileira foi recebida com vaias e ofensas na volta ao Protea Hotel Marine, local onde a delegação está hospedada em sua estadia em Port Elizabeth, na África do Sul. A cidade abrigou o adeus brasileiro da Copa do Mundo, após a derrota por 2 a 1 para a Holanda, de virada, nesta sexta-feira.

A maioria dos insultos era dirigida ao técnico Dunga, que foi chamado de "burro" e de alguns outros xingamentos impublicáveis. A Seleção irá retornar neste sábado ao Brasil.

A equipe de Dunga virou o primeiro tempo vencendo por 1 a 0, com um gol de Robinho. No entanto, voltou muito nervosa para a etapa complementar e cometeu diversos erros, como no lance do primeiro gol holandês.

Na jogada, o holandês Sneijder cruzou uma bola na área brasileira quando o goleiro Júlio César e o volante Felipe Melo se confundiram. A bola resvalou no jogador de linha e entrou no fundo da meta brasileira.

Depois, Sneijder ainda marcou o segundo tento da Holanda na partida, que decretou o fracasso do País da América do Sul na Copa da África.

O Brasil ainda teve tempo para ter Felipe Melo expulso, após uma pisada desleal em Arjen Robben, atacante do time rival.

Agora, a equipe laranja encara nas semifinais o Uruguai, que venceu Gana nos pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal e na prorrrogação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário