quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Ministro da Integração desconhece tragédia do Crato e não libera verbas

Fernando Bezerra ironiza Ciro Gomes ao discutir investimentos para recuperar Município

Por: Donizete Arruda

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, não liberou nenhum recurso para recuperar os prejuízos causados pela chuva na cidade do Crato. Nem mesmo a informação de que a ponte que é a principal ligação entre os municípios de Juazeiro do Norte com Crato precisa ser rapidamente recuperada comoveu o ministro Fernando Bezerra.

Em audiência ocorrida na tarde desta terça,08, com o governador em exercício do Ceará, Domingos Filho, o prefeito Samuel Araripe, os deputados federais Arnon Bezerra e Raimundo Macedo, e o deputado Sineval Roque que chegou atrasado ao encontro, o ministro Fernando Bezerra preferiu fazer "gracinhas" com o ex-deputado federal Ciro Gomes. Declarou que será um ministro da Integração melhor para o Ceará do que Ciro.

Depois de rir de sua própria brincadeira inoportuna para um momento de grandes prejuízos financeiros para o Crato, o ministro Fernando Bezerra limitou-se a dizer que irá aguardar os projetos a serem apresentados para recuperar o Crato pela prefeitura e só então se manifestará.

Até lá, devolveu o problema para o Governo do Ceará. O prefeito Samuel Araripe ressaltou que desde o primeiro dia o Governo do Estado tem apoiado as iniciativas através do DER na recuperação das ruas e avenidas e dando total assistência.

O governador em exercício, Domingos Filho, cobrou enfaticamente do ministro Fernando Bezerra a ajuda necessária para recuperar o município do Crato. Conciliador, preferiu não polemizar com Fernando Bezerra sobre a piada que ele fez para diminuir a importância política de Ciro Gomes para os cearenses.

Esse comportamento do ministro Fernando Bezerra mostra que ele prioriza a política em detrimento do sofrimento de centenas de cearenses da cidade do Crato, prejudicados pelas consequências de chuvas que banharam o Município.

O ministro Fernando Bezerra é vinculado ao governador Eduardo Campos que disputa com o governador Cid Gomes o papel de interlocutor privilegiado da presidente Dilma Roussef como representante do PSB. Ocorre que diante desse drama vivido pelo povo do Crato, a política não deveria ter entrado na pauta de discussões. Isso é muito engraçado para a região Serrana do Rio de Janeiro não faltou nada para o Crato uma cidade de porte médio no Ceara faz-se piadas, esse é o governo que se denomina pai dos pobres alias agora mãe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário