terça-feira, 21 de junho de 2011

Quixelô - A maioria dos Orelhões não funcionam

Praça da matriz em Frente a Igreja

Rua Luiz Gomes de Araújo

Rua Pedro Gomes de Araújo

Rua Pedro Gomes de Araújo (esquina do Lazer)

Rua Adauto Santiago de Araújo Bairro COHAB I (Quixelô)


Quixelô CE 21/06/11 - Num país onde existem mais aparelhos celulares do que pessoas, ainda há quem precise do telefone público. Mas se faltar bateria no móvel ou se você resolver gastar menos na hora de ligar quando for fazer uma ligação interurbana, a situação se complica. Vai ser preciso muita sorte ou uma longa pernada na peregrinação atrás de um bom e velho orelhão que funcione.


“OS QUIXELOS” percorreu algumas das principais ruas de Quixelô e testou vários aparelhos. O resultado é preocupante. Somente 04 deles funcionaram. Os outros 06 estavam mudos, com partes faltando ou não possibilitavam o serviço completo. Lembrando os que funcionam estão localizados, mas no centro da cidade, ruas Luiz Gomes e Monsenhor Coelho.

O número de telefones com defeito pode ser maior. Não foram avaliados também a qualidade e o recebimento de ligações pelo telefone testado.

A situação incomoda quem precisa usar o orelhão, tem alguns serviços de 0800 que só funcionam através de telefone fixo e a maioria da população não tem esse serviço em casa, então para essas pessoas telefonia fixa só através de orelhões. O responsável pela manutenção desses aparelhos é a empresa de telefonia OI, mas a referida empresa não esta nem aí, afinal quem usa orelhões na sua maioria são pessoas de baixo poder aquisitivo. Cabe esse blog solicitar ao MP que tome as providencias cabíveis no sentido da população ter acesso a esse serviço que é uma obrigação da OI. A ANATEL é a agencia reguladora do serviço, essa que não esta nem aí também. Fica aqui a reclamação em nome da população que ainda necessita dos serviços dos telefones públicos “ dos orelhões”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário