terça-feira, 20 de novembro de 2012

Heitor Férrer pede CPI para investigar Cagece

O deputado estadual Heitor Férrer (PDT) apresentou, nesta terça-feira (20), na Assembleia Legislativa (AL), um requerimento onde pede a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as denúncias de fraudes em contratos da Cagece com a empresa Alsan Engenharia. Férrer apresenta as denúncias de que R$ 8,9 milhões teriam sido desviados e questiona sobre possível superfaturamento nos valores cobrados aos usuários. Heitor cobrou uma postura da AL, afirmando que "é atribuição do Poder Legislativo fiscalizar o Executivo. O governador Cid Gomes já pediu ao Ministério Público e à Procuradoria do Estado que apurem as denúncias. Mas a Assembleia não pode se demitir de suas funções e deve também investigar". O diretor comercial da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Antonio Alves Filho, "O Conin" foi afastado do cargo após notícias de indícios de suposta fraude em contrato entre empresas e companhias responsáveis pelo abastecimento de água no país. A operação foi deflagrada em Brasília e mais três estados, incluindo o Ceará, e resultou na prisão de 18 pessoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário