sexta-feira, 1 de março de 2013

Cid Gomes e Roberto Claudio são vaiados em ato petista


O governador do Ceará, Cid Gomes, e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, ambos do PSB, foram vaiados no início do seminário de comemoração dos dez anos do PT no poder, que acontece nesta quinta-feira (28) na capital cearense.
(Foto: Reprodução)
Cid Gomes, que vem defendendo que seu partido apoie a reeleição da presidente Dilma Rousseff, havia rompido uma aliança municipal com o PT em 2012 quando lançou Roberto Cláudio contra Elmano de Freitas, indicado pelos petistas.

> Cid Gomes diz que Campos deve ser vice de Dilma
Governador e o prefeito foram vaiados ao ter o nome anunciado pela apresentadora do evento, que ocorre em um hotel da cidade.
Ao ter o nome mencionado logo em seguida, Luizianne, que preside o PT cearense, foi bastante aplaudida, e militantes gritaram "Partido, partido, é dos trabalhadores". 

Na chegada ao seminário, Luizianne atacou Cid Gomes. "Meu maior erro político, até hoje, foi ter acreditado nele", disse.
"Fiquei muito chocada com o que aconteceu em 2012, até porque veio de um antigo aliado. Foi um processo muito duro e, para mim, desonesto." 

Questionado sobre a declaração da prefeita, o governador limitou-se a responder: "Sem comentários".

Nenhum comentário:

Postar um comentário