sexta-feira, 3 de maio de 2013

Gestão Municipal de Quixelô adia discussão sobre o reajuste salarial dos professores da rede municipal de Ensino





 



Quixelô CE. - Em abril  de 2013, os vereadores de oposição, cobraram da atual gestão, qual seria  a proposta de reajuste salarial dos  professores de rede municipal de ensino, naquela ocasião, o Secretario de Educação de  fato, uma vez que ainda não esta nomeado, usou o espaço da tribuna para expor suas justificativas, sobre o porque de não ter naquele momento uma proposta  concreta, com relação ao aumento salarial dos professores, no entanto ficou acertado que no dia 03 de maio, portanto hoje sexta feira, o secretaria de fato, viria a câmara e possivelmente ja traria uma proposta para ser debatida entre os vereadores e categoria, não satisfeitos, naquele momento,  os vereadores de oposição solicitaram que acontecesse pelo menos um debata antes da audiência publica, pedido esse aceito pelo secretário. Acontece que hoje dia 03 maio de 2013, até essa data o debate não aconteceu, e segundo vereador de oposição Samuel Araújo (PPL), hoje não acontecerá a audiência publica. É com muita tristeza que venho noticiar isso aqui, uma vez que durante toda a semana fui procurado por muitos professores, que perguntava pela audiência publica, e afirmávamos que seria hoje dia 03 de maio, pois este seria o combinado, no entanto não sabemos o porque do adiamento da audiência publica. É lamentável que  estejamos em maio e até agora, ninguém da gestão se pronuncia a respeite de uma proposta do aumenta salarial, isso é inadmissível, como também é inoportuno o Sindicato dos Servidores esta de portas fechadas e seus membros de boca calada, simplesmente por estarem com cargos na gestão, isto é, o que resta da diretoria, tendo em vista que muitos ja renunciaram suas funções na diretoria do sindicato. Em 16 março de 2012, a gestão passada enviou a proposta de aumento salarial, naquela época um aumento de mais 11%, depois de ter sido amplamente debatido com categoria e com os representantes do sindicatos e pasmem, aqueles que mais brigavam em 2012, hoje estão na gestão e com poder de decisão, no entanto simplesmente, hoje de se omitem de discutir e apresentar sequer uma proposta de aumento salarial para os professores. E aí? Até  Quando esses baluartes da educação terão que esperar para ter o seu direito assegurado, para verem a lei ser cumprida e que possam usufruir de seu novo salário,  de acordo com o que determina a Lei? Intimo aqui aos membros do sindicato, aqueles que ainda restaram a se colocaram a disposição dessa classe irem pra luta. É preciso que a categoria comesse a se organizar no sentido de garantir aplicação da Lei e assegura um aumento salarial justo para todos, é preciso pressionar e lutar. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário