domingo, 22 de setembro de 2013

Com apoio do Vereadores da Situação, câmara de vereadores aprova projeto de Lei do concursos com vagas resumidas-75


Quixelô CE - Nesta sexta feira dia 20 de setembro aconteceu mais uma sessão na câmara de vereadores de Quixelô, nesta sessão houve uma votação polemica, pois estava para ser votado o projeto de lei do concurso municipal de Quixelô, concurso esse com numero de vagas resumidas, durante as duas ultimaS sessões a população lotou as dependências da câmara, os populares queriam pressionar o legislativo, para QUE este não aprovasse tal projeto com numero tão  resumido de vagas. Na sessão passadas graças a pressão popular e a força dos vereadores de oposição, o projeto de lei não foi votado, sendo que nesta sessão do dia 20 seria colocado em votação. Segundo os vereadores de oposição havia muitas contradições no projeto e que haviam muitas vagas e que essas, não estariam contempladas no projeto de Lei, mesmo com todas as argumentações e a força do povo, nada disso foi suficiente para sensibilizar os vereadores de situação que resolveram seguir a orientação da bancada de situação, vereadores que sempre defenderam o concurso público, naquele momento defendia a terceirização de alguns serviços, como também defendiam a contração de pessoas por tempo determinado. Após ampla discussão o projeto foi colocado em votação e aprovado por 5 a favor e 04 votos contrários. Votaram a favor do projeto os seguintes vereadores: Jackson (PDT), Chico Ribeiro (PTB), Mauricio Coelho ( PT) Gilson Pereira (PT) e Joaquim Alves (PSB). Votaram contra o projeto os seguintes vereadores: Samuel Araújo (PPL), Adil Vieira (PMDB) Chico César (PTB), Doroteu Filho (PSD), o vereador Zé do Valdo não estava presenta na sessão.

Uma das 13 propostas da Campanha petista em 2012, era concurso público, muitos quixeloense sonharam com esse concurso, muitos tinham planos de sair do Município para outros, e não fizeram esperando por uma oportunidade nesse concurso, muitos quixeloense que estão em   grandes centros também sonhavam em voltar para Quixelô por conta desse concurso, pois é, doce ilusão, quem ficou, agora começa a arrumar as malas para sair, ir embora, quem estava fora com planos de voltar a Quixelô, começa a desarrumar as malas e ficar mais um período distante de Quixelô, de seus familiares e amigos. Uma pergunta não quer calar, porque um número tão resumidos de vagas ? Será que não mais vagas mesmos ? Vamos ver aqui algumas observações, existem muitas pessoas contratadas temporariamente, se essas pessoas forem demitidas quem as substituirão ? Será que esses temporários serão mesmos demitidos ? Toda população tem conhecimento do numero de pessoas que estão assumindo função sem concurso público, citando um exemplo, hoje os prédios públicos contam com 3 vigias cada, em muitos desses prédios ja tem vigias com contrato temporário, e é muito provável que todos os prédios públicos passem a contar com 04 vigias, uma vez que com 03 vigias por prédio os mesmo estão trabalhando mensalmente 80 horas além do que é exigido no seu concurso que é de 40 horas semanais e 160/h mensais, e como os mesmos não recebem nada por essas horas extras trabalhado, os mesmos estão brigando na justiça pela diminuição das horas e com certeza essa questão eles ganharam e não restará outra alternativa a gestão se não, a ampliação do numero de vigias nos prédios, então teremos muitas vagas pra vigia, mas infelizmente no projeto de Lei não tem nenhuma vaga. Em se falando de serviços gerais não é diferente, é do conhecimento de todos, que em vários prédios tem pessoas contratadas por tempo determinado, no entanto só duas vagas foram disponibilizadas pra serviços gerais. Será que foi esse projeto de concurso que o povo esperou ? Tenho certeza que não. É lamentável ver vereador que a pouco tempo atras defendia o concurso público como único meio legal do cidadão entrar no serviço público, hoje esse vereador defende terceirização do serviço público, o que significa, colocar os recursos nas mãos da inciativa privada e deixar o povo sem emprego. Vejo também vereador pedindo calma e paciência, mas este quando  foi oposição não tinha calma e nem paciência. Vi o dito vereador falando em melhorar a arrecadação, melhorar no ICMS, no entanto é a favor da invasão de funcionários de outros municípios, de um total de 11(onze) secretários  Municipais, 09 não residem em Quixelô, ou seja, 27 mil reais todo mês, que poderiam ser gastos em Quixelô, esta sendo gastos em outros municípios, no entanto se estes aqui residissem, esses 27 seriam injeto no comercio local e isso melhoria a economia do Município, geraria renda mais empregos indiretos e aumentaria o nosso ICMS, uma vez que vendendo mais o comercio compraria mais e isso aumentaria o nosso ICMS. só falei dos secretários, no entanto temos uma quantidade enorme de cargos comissionados que não residem em Quixelô, é mais dinheiro indo para o comercio de outros municípios. Outra observação, praticamente todos os cargos de confiança tem carros( veículos) e pagam IPVA uma vez por ano, só que como a grande maioria residem em outros municípios, obviamente as placa de seus veículos são de outros e não de Quixelô, e mais uma vez o dinheiro que é ganhando aqui, vai pra arrecadação de outro município. Então senhor vereador da base  aliada da prefeita, que esta tão preocupado com a arrecadação, faça uma campanha para que o dinheiro de Quixelô fique em Quixelô, dando preferencia dos empregos aos filhos de Quixelô, e solicitando desse monte de pessoas que vem de outro município que transfiram a placa de seus veículos para Quixelô, assim com certeza a arrecadação vai melhorar. Pra finalizar comentarei mas uma  explanação de um dos vereadores da situação, na mesma sessão da Câmara o vereador comenta sobre a falta de uma industria em Quixelô, gente é preciso termos cuidado quando falamos, par sermos demagogo, nem hipócritas, pergunto o seguinte a este vereador, Quantas cidades do porte de Quixelô tem industrias ou fábricas ? Se fizermos uma pesquisa, veremos que praticamente nenhuma, todos nós sabemos que as fábricas e industrias procuram os grandes centros para se instalarem, nem mesmo Iguatu que tem mais de 100 mil habitantes, não tem grandes industrias, exceto DACOTA e o Grupo MADFORME. Uma instalação de uma industria aqui para gerar 30 empregos não atenderia a necessidade do nosso povo, então ficar atirando pedra na gestão passada, hoje tem sido a saída de alguns vereadores aliados a atual gestão, até quando vão continuar com esse discurso vazio ? O povo ja não aguenta mais ouvir essas desculpas, ja estamos próximo décimo mês de gestão, ja esta passando da hora da gestão atual mostrar aqui veio. O povo votou por mudança, mas a mudança não chegou ainda. Quanto a esses defensores da gestão, só digo uma coisa. QUEM TE VIU QUEM TE VÊ.       


     

Nenhum comentário:

Postar um comentário