terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Eleição na Câmara Municipal de Iguatu vai parar na justiça novamente

O advogado Vicente Aquino confirmou que irá recorrer da decisão e pretende impugnar a Chapa 01.
O advogado Vicente Aquino confirmou que irá recorrer da decisão e pretende impugnar a Chapa 01.

Após o resultado final da eleição para presidente da Câmara Municipal de Iguatu, onde foi determinado por votação que Rubenildo Cadeira deverá assumir a direção da casa, um novo fato pode causar uma reviravolta, anulando a votação.
O advogado Vincente Aquino que atuou na defesa da chapa 02 que tinha o candidato Ronald Bezerra, em entrevista a Rádio Liberdade AM de Iguatu anunciou que estará entrando com uma ação contra a chapa 01 vencedora do pleito.
O motivo segundo o mesmo, é a infração da Lei 9096 e seu artigo 26, onde para o advogado está inserido o vereador Mário Rodrigues, “ esta é a lei que rege todos os políticos do país em qualquer casa, seja do Senado, Câmara Federal, Estadual e Municipal que diz o seguinte, qualquer político que tenha trocado de partido deverá perder a função em qualquer situação o político que mudar de sigla partidária, então a impugnação que pedimos é para o parlamentar que faz parte da chapa e não poderia estar participando, é o que diz a Lei Orgânica  dos Partidos Políticos”, disse o advogado Vicente Aquino.
“Estaremos recorrendo da decisão e iremos até a última instância, este foi um pedido do nosso cliente e vamos agir assim. O que o Ronald Bezerra apresentou é uma falha na composição da chapa e por isto ela está ilegal e deveria ser impugnada mas isto não aconteceu”, destacou.
Durante a sessão outra denúncia foi realizada, agora pela Chapa 01 onde pedia a impugnação da chapa adversária, o vereador Mário Rodrigues fez a seguinte explanação sobre a sua filiação, “  esta eleição é política da Câmara  quando um parlamentar muda de partido e vai para outro, a Lei permite, e nos dá 30 dias para que isto aconteça. Mas pedimos também a impugnação da candidatura do vereador Ronald Bezerra que participou da mesa diretora como vice este ano e depois saiu e agora quer retornar para presidente, e o segundo candidato a vice-presidente que não poderia estar como candidato, já que poderia apenas se reeleger como presidente o Bandeira Júnior”, afirmou o vereador.
Tentamos um contato com o advogado Tácito Cavalcante que defendeu a chapa 1 mas até o final da reportagem não conseguimos para confirmar ou não que também irá entrar com uma ação na justiça atendendo o pedido de impugnação da sua chapa.
Entende o caso assistindo por sequência o embate judicial que teve início durante a eleição na Câmara Municipal:

vereador Ronald bezerra 
https://www.youtube.com/watch?v=syHDL_PqwGI 

Dr Tarcito Cavalcante- advogado da Chapa 01
https://www.youtube.com/watch?v=IRmqe9WemQ8&list=UU4wTRETuAedBS-ytjy_XMWA 




Nenhum comentário:

Postar um comentário